Assista a vídeos de/sobre Michel Foucault

Loading...

domingo, 3 de julho de 2011

História na introdução de A Arqueologia do Saber

A História e o Discurso em Michel Foucault

Pedro Navarro

1)Fase arqueológica (história) dos saberes em 3 livros:

História da Loucura (o louco),
História da Clínica (o doente, o discurso médico),
As palavras e as coisas (o homem em relação ao trabalho – história das riquezas, da economia -, o homem em relação à linguagem – filologia, gramática -, o homem em relação à vida – biologia).

2)Exposição do método de análise dos discursos:

A Arqueologia do Saber

3)Noção de história apresentada por oposições:

História Global versus História Geral
cronologia vs diferentes temporalidades
continuidade vs descontinuidade
sujeito fundante vs descentramento do sujeito
documento (verdade) vs monumento (interpretação)
unidade vs série

4)Proposta metodológica:

Recorta-se uma série enunciativa para verificar as relações entre os elementos dessas séries e o modo como elas significam, constroem, produzem sentidos sobre esses acontecimentos. Isola-se a instância do acontecimento buscando relacioná-lo não à atividade fundadora de um autor, de uma obra, da tradição ou espírito de época, mas a outros enunciados.

5)A suspensão das unidades do discurso (tradição, influência, desenvolvimento e evolução, mentalidade ou espírito, livro, obra, autor) e renúncia aos temas da origem e já-dito.

6)Distinção entre descrição lingüística e análise arqueologia

7)O enunciado como acontecimento

Nenhum comentário:

Postar um comentário